Power BI

Power BI no dia-a-dia da empresa – depoimentos

Ao escolher uma área para tratar de inovação tecnológica dentro da empresa, logo se pensa na área de TI. Contudo, nas últimas décadas, a organização vem sendo afetada na íntegra pelo mundo virtual. Se todas as áreas utilizam ferramentas digitais para realizar suas tarefas cotidianas, por que não inovar a tecnologia na instituição como um todo e otimizar o seu dia-a-dia? Sendo assim, conheça, através das palavras dos clientes, as vantagens de treinar seus colaboradores em Power BI.

As dificuldades

Se existe uma rotina dentro da empresa, muitas vezes não se percebe que, por exemplo, algumas atividades podem estar tomando tempo em demasia dos colaboradores ou que nem todo potencial tecnológico está sendo desenvolvido. Entre inúmeros outros motivos, isso pode estar acontecendo por conta de tecnologia ultrapassada ou falta de conhecimento sobre dados. Todavia, é importante que os colaboradores utilizem ferramentas que permitam o desenvolvimento pleno de sua produtividade máxima na companhia.

As ferramentas de rotina

Na maioria dos casos, as empresas adotam ferramentas padrão em um determinado momento e não se preocupam em atualizá-las. Então, se dificulta a agilidade de seus colaboradores ao executar seus deveres, como foi o caso de André M. Purgalis, com mais de 15 anos de experiência em RH. Ou seja, se o cenário digital está se transformando continuamente, o ambiente corporativo deve acompanhá-lo.

Quando eu estava começando, 15 anos atrás, o Excel supria as necessidades do meu dia a dia de análises e, por algum tempo, isso continuou sendo verdade. Mas chegou um momento em que o volume de dados se tornou tamanho que o Excel deixou de ser capaz de processar com eficiência. Eu não conseguia mais dar conta da minha rotina usando só as planilhas estáticas.

Por exemplo, em 2017, eu estava em uma grande empresa do setor alimentício onde eu tinha 7 diretores e 35 gerentes para os quais eu gerava análises e relatórios. Isso resultava em mais de 40 planilhas de Excel diferentes todo mês, uma para cada um. […]

Quando percebi que havia encontrado a solução para as limitações que vinha tendo com as planilhas estáticas, por um mês, estudei Power BI sozinho. Não é impossível. Mas ter um instrutor experiente me auxiliando no aprendizado da plataforma me ajudou a ganhar algo valioso: tempo.

André M. Purgalis, tem mais de 15 anos de experiência em RH e passou pelas maiores empresas brasileiras atuando na área de remuneração.

A utilização de dados

Dados é um dos tópicos mais em alta no momento atual. Embora o termo “banco de dados” seja vastamente utilizado no meio empresarial, é importante que os dados sejam coletados e analisados de maneira efetiva, para então otimizarem a instituição. Portanto, Daniela Marqueti,especialista em gestões estratégicas de RH, entende que trabalhar com dados é uma necessidade dentro da organização:

Eu comecei a implantar o uso do Power BI nas minhas equipes quando era head de RH em uma grande empresa do ramo alimentício. Eu sentia muita necessidade de indicadores e dados, mas estes faltavam. O que eu tinha, eu fazia no Excel, e não era muito elaborado.

[…]

Alguns anos depois, mudei de trabalho. Entrei em uma empresa de tecnologia de uma multinacional manufatureira. Novamente, encontrei um departamento de RH sem indicadores. Os dados existiam (por toda a parte), mas não diziam muito.

Daniela Marqueti, especialista em gestões estratégicas de RH, com mais de 25 anos de atuação no mercado.

Sendo assim, tanto Purgalis, quanto Marqueti se depararam com situações cotidianas e viram a necessidade da adoção da ferramenta de Power BI em suas áreas. Após pesquisarem no mercado, encontraram a resposta de seus problemas na Niteo.

O curso foi extremamente profundo e completo, transformando a maneira como o RH operava.

Daniela Marqueti

Como acontece o treinamento de Power BI?

O treinamento de Power BI da Niteo pensa em seu público, seja em quem é iniciante com a ferramenta ou quem é avançado, por isso é ideal mesmo para quem não faz parte da área de TI. Primeiramente, passamos por uma introdução à ferramenta, com foco nos conceitos abordados para garantir a qualidade na fundação do conhecimento.

Então, ensinamos a conectar outras ferramentas com o Power BI para integrar os arquivos com novos dados para serem trabalhados. Em seguida, também instruímos sobre como tratar e modelar as informações para obter o máximo delas, além de orientarmos a respeito da visualização dos dados. A visualização é especialmente importante porque ela pode ser feita de maneira interativa e personalizada, para facilitar o entendimento dos elementos para maior geração de insights valiosos.

Outro aspecto importante é compartilhar as informações. Uma malha de dados rica e de fácil acesso é fundamental para a empresa, pois assim a organização pode ter esse conhecimento disponível para qualquer área e a qualquer momento. Posteriormente, há o módulo avançado em que ensinamos a linguagem do Power BI (DAX). Por fim, chegamos na parte de administração e governança da ferramenta, tratando de aspectos de sua infraestrutura.

Na época que busquei um curso (2017), encontrei pouquíssimas opções de cursos disponíveis no mercado. Ainda assim, o conteúdo programático do curso se destacou pela profundidade e se mostrou ser o que eu precisava. Concluindo o curso, vi que eu havia acertado na escolha. Muito rapidamente e de forma muito ágil, passamos pela ferramenta completa. Todos os pontos foram cobertos nas 20 horas de duração do curso. Saí de lá com um painel pronto que construí do zero.

André M. Purgalis

A importância do Power BI para as áreas

Nas últimas duas empresas em que trabalhou, Marqueti pediu para alguns dos colaboradores de sua área fazerem o treinamento de Power BI na Niteo. Em ambas, os resultados foram efetivos em curto, médio e longo prazo nas companhias como um todo. Pois o progresso foi contínuo e as análises feitas se tornaram cada vez mais completas, quanti e qualitativamente.

No segundo caso, a área identificou uma série de informações desconhecidas ou pouco compreendidas. Inclusive, em poucos meses, houve uma redução de 77% no banco de horas extras acumuladas; o índice de turnover, por sua vez, reduziu em 8 vezes; a área terceirizou uma atividade, reduziu níveis de absenteísmo e aumentou seu engajamento.

E por que era importante para mim que meus colaboradores soubessem Power BI quando nós tínhamos na empresa uma equipe de BI? Por três fatores:

o primeiro é a independência. Precisar de outra área para possibilitar nossa geração de indicadores nos colocaria em uma posição de competição pela prioridade daquela área, que atende necessidades da empresa toda, e, nem sempre, nos daria essa prioridade – naturalmente;

o segundo fator é a governança dos nossos dados. Gerar nossos próprios relatórios no Power BI, gerenciando as permissões de acessos dos usuários destes relatórios, nos poupa o trabalho de retirar ou tratar dados confidenciais que não poderiam ser expostos aos demais departamentos;

o terceiro fator e, talvez, o mais importante, é que, quando um departamento gera seus próprios indicadores, este se torna mais estratégico. Na primeira empresa em que implementei o uso do Power BI, deixei um legado muito forte na forma como a diretoria passou a olhar para o departamento de RH mais como uma área estratégica da organização e menos como uma área operacional.

Daniela Marqueti

A importância do Power BI para os colaboradores

Purgalis, ao migrar para o Power BI, encontrou vantagens como ganho de escala. Pois devido às características de governança de dados da ferramenta, um único relatório é capaz de fornecer as informações necessárias para cada um dos envolvidos. Além disso, com o Power BI, se evita o retrabalho e a atualização de dados nos relatórios é simples e rápida.

Outro fenômeno que observei nestes anos é a visibilidade que eu, e meu departamento, passamos a ganhar dentro da organização quando passamos a implementar o BI. Passar a tomar decisões baseadas em dados, e gerar resultados superiores por isso, nos coloca em uma posição muito mais interessante nas dinâmicas corporativas. Hoje, eu consigo identificar indicadores fundamentais para mim como índices de turnover, fechamento de vagas e, principalmente, o impacto de ações realizadas na melhoria desses indicadores.

André M. Purgalis

Ademais, a destreza na ferramenta de Power BI permite que relatórios sejam automatizados, o que favorece a acessibilidade de indicadores e os dados da área são mais assertivos. Por fim, uma vez implementado em uma área específica, é possível que os próprios alunos do curso disseminem o Power BI para o resto da instituição.

Sobre o treinamento de Power BI na Niteo:

A Niteo atua há mais de 15 anos no mercado, oferecendo Tecnologias e Serviços em Data & Analytics para elevar a eficácia das empresas. Já atendemos mais de 480 clientes no total e oferecemos 1964 horas de aula, com alunos de todas as regiões do país. Alguns de nossos clientes foram ArcelorMittal, Globosat e Suzano.

O curso de Power BI da Niteo foi fundamental para possibilitarmos [o] processo de transformação [nas instituições]. Um curso denso, de alto aprendizado e aplicável à realidade dos negócios, de uma empresa inovadora e com sede de disseminar o uso da tecnologia como impulsionadora do crescimento de pessoas e empresas. O curso da Niteo traz mais do que qualidade no conteúdo programático. Traz a visão inovadora de quem está no mercado da revolução tecnológica.

Daniela Marqueti

Nossos instrutores têm vivência nos projetos que entregamos, levando essa experiência para a turma e dando insights úteis com exemplos reais. Ademais, nós estabelecemos uma comunicação eficiente com todos os alunos e deixamos um canal aberto para dúvidas em qualquer momento do curso. Além disso, mantemos um grupo permanente no Telegram para ex-alunos, caso surjam dúvidas específicas quanto ao uso do Power BI no dia-a-dia.

Para mim, dominar o Power BI foi e continua sendo fundamental na minha carreira. E foi na Niteo que encontrei o curso ideal para que isso fosse possível.

André M. Purgalis

Leia mais sobre:
Post anterior
Quando terceirizar a sua TI?
Próximo post
[Webinar] Treinamento e desenvolvimento de colaboradores: por que realizar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu