Niteo

A Niteo e suas histórias

Neste mês de julho, a Niteo completará 15 anos. E essa quantidade de tempo é uma marca incontestável de sucesso. É verdade que, como toda história, foi um percurso de altos e baixos, porém, o que mais importa é o time que possibilita que todas as conquistas coletadas ao longo do caminho possam ser chamadas de nossas.

Isso pode ser confirmado por Denis Mizuwaka, de TI. Ele entrou na Niteo em 2006, quando tudo estava começando. Ele afirma que, desde aquela época, era perceptível a qualidade excepcional do time da Niteo, sempre dedicado e unido, o que facilitava aceitar novos desafios e se desdobrar para cumpri-los.

Denis começou na empresa como estagiário para trabalhar com uma ferramenta com a qual não tinha experiência, o SharePoint. Seu primeiro projeto na Niteo, ele lembra, foi uma “simples” migração de documentos e, mesmo que descomplicado, Denis estudou bastante para entender a ferramenta. Ele continuou se atualizando para acompanhar as novas versões do SharePoint e, depois de alguns anos, saiu da Niteo. Entretanto, há cerca de 2 anos, Denis retornou e a Niteo o acolheu de braços abertos.

A organização também foi novidade para Tatiana Mesquita, que entrou para a área de marketing e não estava familiarizada com nada deste universo da tecnologia. Termos técnicos eram ditos por colegas no escritório e nada fazia muito sentido. Ademais, não só esse foi o primeiro trabalho de Tatiana que envolvia tecnologia, como foi seu primeiro estágio no marketing. Ou seja, o aprendizado teve de ser duplo, pois a realidade da profissão era uma demanda por si só e ainda havia a necessidade de dominar os serviços da empresa.

Mas a Niteo confiou na Tatiana para “pegar as manhas” e ir atrás da informação. Depois de quase um ano, Tatiana sabe como tudo funciona e, apesar de ainda não conseguir dar um treinamento de Power BI, com certeza entende sobre a Niteo e sobre as demandas de um mercado crescente.

No caso de Juliana Carvalho, o novo emprego foi uma mudança ainda maior, pois a primeira formação de Juliana é design de moda. A segunda é administração. Em 2016, entrou para o time como estagiária. Depois de cerca de 1 ano, foi promovida para assistente administrativa e ficou assim até o ano passado, quando foi para a área comercial e teve de conhecer um novo mundo. Para a sua surpresa, Juliana gostou da mudança por ser uma esfera mais dinâmica que a anterior e vê que a Niteo é uma oportunidade de estar sempre aprendendo, uma lição que Yuri Sacagni olha do mesmo modo.

Em 2015, Yuri começou na Niteo como estagiário de marketing, do mesmo modo que Tatiana. Desde então, ele já desempenhou diferentes funções na empresa. Sua principal tarefa no começo era gerar Leads para vendas e, depois, acabou indo para a própria equipe de vendas. Em ambos momentos, Yuri aprendeu muito quanto as áreas e considera que todas as oportunidades que teve também são de muita ajuda em sua experiência profissional.

Atualmente, Yuri é líder da unidade de treinamentos da Niteo e, para ele, o grande destaque da organização é o cuidado que ela tem com o lado pessoal dos participantes do time e o investimento que faz quanto a preparação dos funcionários.

De fato, se você olhar com mais atenção, todas as histórias partem do mesmo ponto e, embora tenham perfis profissionais distintos, é o mesmo cerne que as move: o aprendizado. Pois quando se fala de caminho profissional, logo se pensa em evolução. E uma “evolução profissional” nada mais é do que continuar se aperfeiçoando e acumulando conhecimento.

Os esforços de alguns dos membros do time foram mencionados brevemente ao longo deste texto, porém o trabalho duro é realizado na empresa todos os dias, sempre com a meta de continuar essa evolução. Por isso, a capacitação técnica do time e o atendimento pessoal são tão importantes para a Niteo.

Aliás, a Niteo só é capaz de completar os seus 15 anos, pois seu time não tem medo do conhecimento, de encarar desafios e se aprimorar para conseguir cumpri-los. A Niteo, como empresa, precisou se adaptar e ganhar expertise para estar nesse marco e ela só conseguiu isso, porque seu time fez o mesmo. A Niteo é um conjunto de histórias e, no final do dia, essas histórias são do time da Niteo.

Post anterior
[Webinar] Principais Atualizações do Power BI – 2020
Próximo post
[Webinar] LGPD e Terceirização em TI: atenção à responsabilidade solidária

5 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu